5.17.2010

O Juíz Decide



A provar mais uma vez que não me calo quando acho que tenho razão (o que 'as vezes é bom e outras nem por isso) e que estou "un petit peu"Americanizada, hoje pus não uma mas duas pessoas em tribunal.... e "mai" nada!

A primeira foi a minha ex-senhoria, que nunca mais se decide a devolver-me o depósito que fiz há quase 5 anos atrás. Primeiro dizia que eu devia dinheiro das rendas, algo totalmente infundado e impossível. Tive que lhe provar por A+B, através de extractos bancários desde 2005 (que me deram um trabalhão a obter) que sempre paguei tudo a tempo e horas (e logo eu, que sou tão preocupada com essas coisas). Depois de todo o meu esforço e de a convencer que paguei tudo, deu de inventar que estragámos a fechadura da porta, que nunca funcionou, mesmo antes de eu me mudar para lá. Disposta a esclarecer o imbróglio, fartei-me de lhe telefonar e deixar mensagens de voz a pedir que me ligasse. Mandei emails, voltei a ligar, a deixar mensagens e a tipa, não só nunca me respondeu como ainda teve o desplante de, por vezes, desligar o telefone na minha cara (tipo, toca o telefone, ela rejeita a chamada imediatamente, nem o deixando tocar). Ainda mandei email e telefonei ao marido dela a avisar que, se me continuasse a ignorar, teria que tomar outras medidas, nomeadamente pô-la em tribunal.... e já lá vão mais de 2 semanas sem ouvir nada de volta. Então, fartei-me e pimba... tribunal com ela.

O segundo é um homenzinho de um stand que, quando chegou a hora de devolver um depósito que tínhamos feito num carro que acabámos por não comprar, decidiu que só ia dar metade, para cobrir os gastos de uma revisão no mecânico que nunca foi feita. O mais engraçado é que, já a prever isso, quando fizemos o depósito eu insisti para que, tanto eu como ele, assinássemos um documento a dizer que o depóstio seria totalmente reembolsável.... e o gajo assinou. Também andei meses a ligar e a tentar falar com o mafarrico que, claro, nunca se dignou a falar ou a ligar de volta e pronto, fartei-me também e pimba... tribunal com ele.

Vamos lá a ver no que isto dá!

5 comments:

Maria João said...

Mai nada! Processa essa gente toda! E não, não estás americanizada, porque sempre soubeste muito bem defender e lutar pelos teus direitos! força, amiga!

ana rita said...

ah valente!
é assim e mai nada.

Juliana Reis said...

Eita Inês
estás certa. Direito é direito.
Se não reclamar seus direitos quem irá fazê-lo?
E quando temos que pagar sempre são prontos a receber.
Portanto lei é pra ser feita.
[]s

Isaac said...

Ines , gostaria de saber o resultado !!!

∫nês said...

Obrigada a todos pelo apoio :)

Depois digo como se desenrolou a história. Ficará a par de tudo, Isaac!