1.10.2008

A Minha Metade

Image Hosted by ImageShack.us

Estamos juntos há mais de um ano e meio.

Tudo aconteceu repentinamente: tropeçámos um no outro e em menos de nada já estávamos casados e, desde então, a viver das maiores Felicidades.

Sou rodeada de muito Amor e Carinho, todos os dias. E é naqueles pequenos quês que percebo o quão grande é este sentimento que me assola e pelo qual sou envolvida.

Todos os dias Ele acorda e sai mais cedo do que eu. E todos os dias encontro o leite fora do frigorífico e já em cima da mesa para que não esteja tão frio quando o vou beber. Ele sabe que eu não gosto de bebidas frias.

O micro-ondas é sempre parado no último segundo. O silêncio da manhã nunca é interrompido por aqueles 5 apitos estridentes. Ele não quer que o meu sono seja interrompido.

Quando está prestes a sair vem até 'a cama para me beijar e acariciar, aconchegando-me e sussurando-me ao ouvido o quanto gosta de mim e como gostaria de ali ficar mais um pouquinho. Ele sabe que gosto destes miminhos.

Se está muito frio lá fora, deixa o aquecimento ligado para que, quando eu acordar, seja confortável andar pela casa.

Na almofada ao meu lado, deixa sempre o telemóvel ligado em modo silencioso para que seja a voz dele a acordar-me e não o terrível despertador. Pontualmente, aquele breve apito soa ao horário combinado e do outro lado atende-me sempre um "Bom Dia Amor!" ou o trautear de uma das nossas músicas, que me deixa com sorriso de tonta.

Quando regresso de viagem, após vários dias de ausência, chego sempre a um ninho limpo do tecto até ao chão, perfumado e com velas acessas aqui e ali. Flores Amarelas esperam-me sempre em jeito de surpresa, acompanhadas de um chocolate e um cartão de boas vindas.

Se me sente mais preocupada ou em baixo, aproxima-se de mim silenciosamente só para me abraçar. Ou então abraça-me só porque sim, porque estou a cozinhar ou a lavar a loiça e quer ficar junto a mim, colado 'as minhas costas.

Nos nossos passeios 'as vezes desvia-se inesperadamente para apanhar uma flor tímida de um canteiro e ma oferecer com aquele sorriso.

Se me vê a beliscar um chocolate, sem que lhe peça vai-me buscar o copo de água da praxe (já Laura Esquivel escreveu "Como Agua para Chocolate". Para mim um não existe um sem o outro e Ele sabe).

No Domingo passado, porque tive que trabalhar, presenteou-me com um prato Brasileiro que adoro. Quando cheguei a casa tinha uma mesa impecavelmente decorada e, no meio, uma travessa enorme de "Salpicão". Mas este "Salpicão" não foi simplesmente mais um destes pratos. Foi mais saboroso do que todos os outros até então uma vez que, para além da intenção, a decoração foi única.

Image Hosted by ImageShack.us

E estes são só alguns dos exemplos das muitas coisas queridas que recebo diariamente e que tornam a minha vida mais colorida e bonita.

Ele conhece-me... e as palavras são quase sempre desnecessárias! Sinto que me compreende quando me acaricia com as costas da mão no interior do antebraço, no encontro entre os nossos rostos que se beijam sem lábios, só percorrendo os contornos um do outro ou nos pés entrelaçados debaixo dos lençóis.

Image Hosted by ImageShack.us

E sinto que tenho tanta sorte, tanta...

"Tchiamu" também!

9 comments:

Jerusa said...

Compreendo tao bem o que escreves! Gracas a Deus também fui presenteada com todo esse amor que escreveste...

Acho que é coisa de brasileiros, pois sou eu quem acorda antes, e por acaso no domingo fiz salpicao tbém. Hmmm, e tbem concordo chocolate sem água nao tem o mesmo sabor.

Querida Inês desejo toda a felicidade do mundo para esse amor!

Anonymous said...

:)

Tudo de bom para vocês, hoje e sempre!

Bjinhos da prima

Zezinha

Susie said...

Isso sim é viver o amor.
Encontrar a alma gémea é isso mesmo,cumplicidade, amizade, respeito, briga, mas muito muito muito amor e carinho.

Fico super feliz por vocês.

Apenas discordo, e ainda bem, num ponto de vista, não é só “coisa de brasileiros”.

Viva Itália :):):):):)

Bjinho enorme para os dois.

Diana Prata said...

:) Nunca eh de mais dizer: "O Amor eh lindo!!" Livra! Ainda bem q tb estou abencoada plo Amor, pq senao estava a roer-me de inveja ate ao osso e a verter rios de mar plos olhos a fora qdo acabasse de ler este post!! E pensar que da ultima vez q qdo estive ai... andavamos as 2 a suspirar que a "Primavera" chegasse ao coracao! Mas o tempo foi nosso amigo! :) PS- E quando eh q vamos poder conhecer os nossos respectivos homens? Temos q arranjar isso... Um grande abraco amiga e obrigada por essa partilha bonita do vosso Cotidiano...

Menina Azul Reciclada said...

Viva o amor! E mai nada! :)
Que a felicidade te inunde over and over and over again... O mundo precisa e' de mais pessoas felizes!

boleia said...

:)
ta visto que sim! Mas sorte merece-se e faz-se ;)!

Anonymous said...

oh mana qui minito!!ate chori!!
Fico muito feliz que reconheças e des valor ao Homem que te aquece o coraçao (de notar homem com H).Assim e mais facil ver-te partir de ca pois sabemos que qd chegares a terras de alem mar, tens alguem que te espera!
David, um muito obrigada por fazeres da minha irma a mulher com o sorriso mais bonito do mundo!!
Adoro-vos!! sao um casal perfeito!
em julho vamos celebrar com pompa e circunstancia!!
lov u all
meb

Sara said...

Queria so expressar a minha invejaaaaaaaa! beijinhos pros dois!!!

Anonymous said...

olá.n me conheces mas eu por vezes venho aqui espreitar...gosto mto das tuas palavras! e estas são lindissimas - gostava de tb poder usá-las um dia, pk amor é isso tudo q eu acabei de ler!mtos parabéns e mtas felicidades.claudia-lx