12.11.2005

De pequenino...

Image Hosted by ImageShack.us

Ao deparar-me com esta foto não pude deixar de me identificar com ela.

Não só pelo facto de o WC ser o meu local de leitura por excelência (e aposto que o de muitos de vocês também) mas também porque, quando era bem miúda e ainda dava os primeiros passos na arte de ler, já sentia o fascínio pelos livros e perdia-me em esforços estóicos para perceber mais além do que aquilo que sabia me permitia.

Nunca gostei de brincar com bonecas. Aliás, nunca soube como fazê-lo e admirava a facilidade com que a minha irmã o fazia (com bonecas ou com qualquer outro objecto). Admirava tanto que, sempre que tentava brincar com ela, estragava a brincadeira toda e a coisa terminava com o “caldo entornado” (eu era terrível).

Assim, a partir do momento em que comecei a perceber que as letras não eram apenas rabiscos engraçados mas que tinham sons específicos e que, quando combinadas, abriam portas para um mundo totalmente novo, metia-me na casa-de-banho com um livro e, do alto do meu pote côr-de-rosa (como menina bonita que era :P) volta e meia lá me punha aos berros para a cozinha:

- Oh “Manhe”?! Como é que se lê um “L” e um “H”?
- Mã?! E um “H” no início da palavra?
- E um “N” com um “H”?

E foi isto que me ocorreu quando vi esta foto.

Engraçado que, ao terminar este texto, me apercebi também de algo que até agora me tinha passado ao lado.
O facto de ter começado a ler marcou o fim de uma era e o início de outra: o fim de era em que eu azucrinava a minha irmã para o início da era em que passou a ser a minha mãe o alvo da minha “tirania”.

Grrrr, já disse que sou terrível? :P

3 comments:

Anonymous said...

completamente!

a minha mae costumava bater à porta da "casinha" a gritar:

"a casa-de-banho nao é sala de leitura!"

e n deixa de ter razao...

mas acho q herdei do meu pai..
ele nao vai ao WC sem levar consigo:

jornal
maco de tabaco
isqueiro
papel
caneta
calculadora


vi:)

eduarda baptista said...

É VERDADE, ESTRAGAVAS-ME AS BRINCADEIRAS TODAS E DEPOIS EU É QUE TINHA QUE ARRUMAR TUDO!!
Mas vingava-me quando brincava as papelarias e marcava os preços nos livros...hihihihihi
que belos tempos!!!
:)
jokas
meb

∫nês said...

Crespita querida.
Comecei a manhã logo a gargalhar com o teu comentário. Es mesmo "macaca".
No Sábado já levas um apertão no "narigo" :)