11.22.2005

Piloto

Image Hosted by ImageShack.us

Ver esta foto lembrou-me de como tenho saudades de chegar a casa e ter um amigalhaço destes 'a minha espera, que salta, pincha, pula, corre e abana a cauda desalmadamente, de tanta felicidade. Assim, os maus dias até ficam logo 'a porta. Esquecem-se por uns momentos as preocupações e vive-se um pouco aquela felicidade genuina... tão simples mas tão calorosa!

E o meu último cãozito até se chamava Piloto... bem que podia ter sido este da foto.

O que a gente se ria com ele!!!

Eu e a minha mana éramos muito "macacas" (como a minha mãe costuma dizer) para o canito, mas era a relação perfeita. Tudo era feito na maior das brincadeiras e éramos os melhores amigos. Mesmo quando a minha irmã lhe puxava a língua, nos dias de maior calor, dizendo que era fiambre e não o deixava fechar a boca ou quando limpávamos o grande vidro da mesa da sala e nos punhamos do outro lado a chamá-lo e, o coitado do bicho, não sabendo que a superfície tranparente nos dividia, corria para nós mandando uma bela turra no vidro (mas foi só uma vez, porque ele era muito esperto e aprendeu logo) nunca um reencontro nosso foi desprovido de sorrisos ou de abanos de cauda.

E' cliché mas sinto verdadeiramente que os cães são dos mais fiéis e melhores amigos que podemos ter!

9 comments:

Fadalê said...

O Piloto foi um dos três cães que tivemos. O Niño... O Snoopy ... e depois ele. O Snoopy não passou de cachorinho (lembras-te??) Dos outros apenas direi,como gostaria de ter a sua nobreza e dádiva incondicionais. O seu amor e amizade estão para além das palavras.

eduarda baptista said...

oh mana!!! que gargalhadas saudosas e com uma lagrimita a acompanhalas!! realmente que saudade!!Pese embora a vida não nos permita ter cães, o carinho fica sempre...pode ser que o pai natal te de um...porque não?? ate tens um quintal e amigos uq epossam olhar por ele nas tuas ausencias...uqem sabe um pechinchinho???who knows??
jokas caninas!!!!
:)
meb

Susie said...

Apesar do meu cão ser considerado por muitos um pouco estranho, nem sei porque :)))), visto ser um cão lindo, gosto mto dele.

Qdo regresso a casa é sempre bom ouvir aquele ladrar de saudades e sentir as lambidelas nas mãos.
Lá diz o ditado ”Quem feio ama bonito lhe parece”
E viva o Jackito :)) lol

∫nês said...

Confirmo que o bicho é estranho sim senhora. Esse Jackito ainda não me convenceu mas, como dizes, as lambidelas nas mãos e os saltitos de alegria, valem por toda a maluqueira! :)

Anonymous said...

prefiro gatos.....mto mais independentes e menos exigentes....são donos e srs deles e não se deixam enganar facilmente

∫nês said...

Pois, mas aos cães escolhemo-los nós. Com os gatos, eles é que nos escolhem... e, e! Não são de confiar e não demonstram qualquer sentido de amizade, gratidão ou reconhecimento.

Anonymous said...

Reconhecimento e gratidao por que? Por lhes puxares a lingua e os fazeres estatelarem-se contra os vidros? Vida de cao!

∫nês said...

Confesso que por essas coisas o Piloto não deveria sentir gratidão e reconhecimento mas, até nesses momentos, havia expressão da amizade que nos unia. Era tudo na brincadeira e mesmo depois dessas patifarias todas ele ficava felicíssissimo quando chegávamos a casa e ambos percebíamos que eramos inseparáveis.
Com os gatos... só ligam quando lhes apetece... se apetecer, mesmo que não lhes puxemos a língua ou os estatelemos contra os vidros.

Anonymous said...

os meus gatos tb demonstram felicidade qdo chegamos a casa, só q é de modo diferente....e qto a escolher e ser escolhido...prefiro ser escolhida....pelo menos sei q n sou qq uma, mm q seja só pra um miau.... :D