3.25.2006

Alma

Image Hosted by ImageShack.us

Ontem, pela primeira vez, enquanto falava de um filme que vi, apercebi-me que me expressava da forma mais desapropriada. Dizia eu que no filme "chorei quem nem uma desalmada".
Mas será que isto faz algum sentido?
Reflectindo um pouco sobre a expressão cheguei 'a conclusão que sem Alma nem este filme nem nenhum outro me poderiam ter afectado, muito menos fazer-me chorar.
Só tendo Alma se pode ficar emocionado com a beleza de um pôr do sol ou de uma tempestade. Só com Alma nos podem tocar o cheiro a mar, cheiro a casa, dos pais, dos avós, aquela música, os abraço, os sorrisos, as alegrias e tristezas dos que nos reodeiam. Só com Alma se pode ficar com um nó na garganta e com as lágrimas a bailar-nos nos olhos nas despedidas e nos reencontros. Como ficar emocionado quando recordamos o passado, percorrendo fotos que registam partes dos nossos trajectos, sem Alma?
Assim, de agora em diante, passarei a dizer que "chorei que nem uma Almada! Com a minha Alma toda" :)

3 comments:

Anonymous said...

Eu choro nos filmes quase todos....mas há mta gente a dizer q eu sou fria e insensível, ptto é possível n ter alma e chorar em filmes :)

∫nês said...

Nah, duvido! Aposto que quem diz isso é que não tem daqueles óculos especiais, que dão para ver a Alma :)

eduarda baptista said...

assim ]e que se fala, todas as grandes mulheres tem uma grande alma, e a tua, irradia, alegria, tranquilidade , sabedoria e tudo mais...ja te disse que gosto muito de ti!!!
jokas grandes e continua sempre a dar lustro a tua alma, quanto mais brilhante melhor...
jokas meb