3.14.2006

Ski Retreat

Uma casa, 14 pessoas, 3 dias!
Big Brother do Schier lab :)

O nosso chefe decidiu alugar uma "casita" no meio da floresta, numa região priveligiada para a práctica do ski e, alternando sessões científicas com lazer, passámos, quase todos os membros do lab, 3 agradáveis dias no Maine.

Iniciámos a viagem na 5a feira e, 'a medida que nos delocávamos para norte, a neve assolou a viagem, proporcionando não só paisagens de Inverno lindas como também precalços cómicos (uma vez que tudo estava controlado). Já em plena trilha campestre, onde só podíamos adivinhar o caminho escondido pelo espesso tapete de neve, várias vezes demos pelo carro já a antecipar os dias de ski, esquiando ele mesmo quando menos esperávamos. Ao que parece (porque eu ia num jeep diferente) o meu chefe tentou fazer uma volta de 180 graus e, em menos de nada, vai de sacar um pião, rodar 360 graus, ficar no mesmo sítio e deixar toda a gente de respiração suspensa :P

Quando finalmente conseguimos encontrar a casa, ficámos "mmmmmmmarabilhados". Era enorme, nova, lindíssima, chiquérrima... o máximo.
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Claro que o quarto do boss era o melhor:
Image Hosted by ImageShack.us

Mas não nos podíamos quaixar dos nossos. Eram bem quentinhos e aconchegantes:
Image Hosted by ImageShack.us

Os donos, que nunca conhecemos pessoalmente, foram super simpáticos e receberam-nos com um bilhete de boas vindas que acompanhava uma garrafa de tintol (de quem, escusado será dizer, o pessoal tratou logo da saúde) e ainda amestraram um urso para ficar em permanente serviço de recepção:
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

O desgraçado do urso estava estrategicamente colocado num sítio onde, volta e meia, lá levava um chuto e ia de pantanas mas, manteve-se fiel ao seu posto e, passados os três dias, ainda lá estava de pedra e cal (neste caso, de madeira, para ser mais precisa) com o seu cartazito.

Nos dias que se seguiram, algumas horas foram destinadas a esquiar em Sunday River.
Oh p'ra mim e p'ró meu amigão e colega António todos felizes:
Image Hosted by ImageShack.us
(e o Casaco Amarelo, como não podia deixar de ser)

No lodge, a confusão de skis e pranchas de snowboard:
Image Hosted by ImageShack.us

E lá nos começámos a apetrechar:
Image Hosted by ImageShack.us

Os meus bastões e skis (ah, e notem o pormenor de que até os pauzitos são amarelos, para combinar!):
Image Hosted by ImageShack.us

No topo da montanha, a vista era linda e o sol brilhava. Após uma subida em vários elevadores que nos permitiam aos poucos ir descobrindo a paisagem, o pessoal reunia-se e começava a preparar-se, para a descida:

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

'A medida que iámos descendo e deixávamos o topo da montanhas, aproximava-se uma zona de nevoeiro:
Image Hosted by ImageShack.us

Ao atravessá-la, senti-me qual D.Sebastião, mas este num cavalo não tão perdido, mas bem mais descontrolado. Está claro, mandei um belo tombo numa das curvas (um entre muitos). Já que estava no chão e estava, vai de tirar fotos do que já tinha percorrido e do que ainda me esperava:
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Tendo em conta que, somando tudo, estes foram o nono e décimo dias na minha vida que esquiei, a coisa nem correu nada mal. Comecei logo nas pistas intermédias e, em menos de nada, já descia a montanha a dar-a-dar para a esquerda e para a direita, com os skis paralelos, joelhos quase juntos, a fazer crsh-crsh cada vez que mudava de direcção, a usar o bastaozito para fazer breves apoios e atirando neve para todos os lados. "Muita louco", sem dúvida, mas, quando o cansaço começou a bater nas pernas, a coisa começou a piar de maneira diferente. Já não tinha força para fazer de amortecedor, já não tinha estaleca para travar, já não tinha genica para virar e aí começou o forrobodó. Numa das vezes até me saltou um ski e o pessoal que seguia no elevador, por cima de mim, acompanhou o meu trambulhão com um valente "ouch". Pois, a mim também me doeu, mas nada que abalasse o espírito da coisa e andei toda feliz para cima e para baixo.

As temperaturas estavam anormalmente elevadas. Assim, a juntar ao calor do esforço, andávamos todos esbaforidos. Quando subíamos nos elevadores, naquelas cadeirinhas onde vamos com os skis ao penduro, pelo meio das árvores até ao topo da montanha, o silêncio, que normalmente só é interrompido pelo correr dos cabos ou por uma breve conversa com o nosso vizinho de cadeira, misturava-se com um som idêntico ao da chuva. Era a neve que derretia dos ramos e batia por entre a folhagem.

Ainda a propósito de elevadores, é frequente perguntarem-nos quando estamos prestes a subir se nos importamos de levar connosco na cadeira uma criança. Falo obviamente daqueles putos com 4 anos no máximo, que de certeza que nasceram de cesariana por já virem incorporados com skis nos pés. Destemidos e sem medo, quais pipocas electrónicas, fazem inveja a qualquer um ao passarem a velocidades vertiginosas, enquanto descem a montanha. Porque são tão bons, os pais deixam-nos ir sozinhos enquanto bebem o seu grogue e lá vão eles, acompanhados por quem não se importar de os levar no elevador.
Aqui seguem alguns elementos do meu lab com um desses fenómenos:Image Hosted by ImageShack.us

Tenho que concordar que os putos são mesmo loucos e que os skis deles, "muita pacaninos" são muito engraçados. Já que estava com a camera na mão, decidi tirar uma foto a mim e ao meu colega enquanto íamos no ar... só que me esqueci de retirar o zoom. Ooops :)
Image Hosted by ImageShack.us

Depois de tantas energias gastas na montanhas, as recompensas merecidas.
Um chocolate quente:
Image Hosted by ImageShack.us

Uma sessão de convívio e relaxe no jacuzzi, seguido de sauna (abstive-me de pôr fotos desta última parte ;)):
Image Hosted by ImageShack.us

E depois, encher a barriga com muita e boa comida. Toda a gente participou e contribuiu para os lautos manjares:
Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Neste dias tivémos coq-au-vin num jantar, pasta 'a la Anto noutro, esta seguida de mousse de chocolate com morangos. Obviamente que eu fiquei incubida do quê? Mousse de chocolate, acertaram. Fui apetrechada da minha super-batedeira para que, em 3 tempos, fizesse a dose necessária para 14 marmanjos. Já de ingredientes todos preparados, gemas e claras separadas e açucar adicionado, eis que me apercebo que me esqueci das baquetas. Tarefa difícil bater aquilo tudo 'a mão mas, que remédio. Lá meti mãos 'a obras e até calhou bem. Assim, fiquei com dores nos braços e nas pernas, o que indica que vou ficar com musculatura proporcional em todos os membros e não só com umas pernas tipo Hulke, hehehe (ok, já devem ter percebido que me está a dar um ataquinho de parvoíce). A mousse estava, modéstia 'a parte, deliciosamente fofa e com a consistência no ponto. Toda a gente gostou. Eu teria tirado uma foto mas, estava tão cansadita mas tão cansadita que pensei, fica para a próxima.

Ao que parece o evento foi um sucesso tanto a nível científico como social e iremos repetir a dose para o ano.

E "prontos"! Eis o relato prometido.
Uff, estou cansada de tanto escrever e editar fotos. Acho que vou ter que ir correr um pouquinho, para equilibrar os músculos de novo ;) (novo ataque de parvoíce)

9 comments:

Violante said...

adoro "retiros" com amigos e colegas, é sempre tao fixe!:) e nessa casa entao, que era mesmo fenomenal, bem!! o teu chefe esmerou-se!!

mas.. entao nao há fotos tuas a esquiar??? ;)

madalê said...

Que maravilha. No meio de tanta coisa tão boa, o tombo e consequente nódoa negra, até ficam insignificantes, não???

puff-cor-de-laranja said...

alto fim de semana miuda!!!
a casa era fantastica e as fotos "fedem" a ganda borga!!!

Jerusa said...

Que chefinho querido, assim o doutorado fica mais agradável e ele fica com uma carta na manga, pode cobrar mais resultados cientificos, pois seus alunos (pesquisadores) estao felizes!!!

Achei o local um espetáculo, como dizemos no Brasil, 10! Ou, show de bola!

Fico feliz por ti, pois mereces muitos momentos como estes!

∫nês said...

Vi: O meu chefe é o máximo! :D
Fotos de mim a esquiar? Querida, se mesmo totalmente concentrada mandei uns tombos valentes, imagina o que seria a tentar tirar fotos ao mesmo tempo. Lá se ia a máquina para o galheiro, hehehe.

Madalê: Muito insignificante. Aliás, parece pior do que realmente é. Não dói.

270: Foi uma "ganda" borga sim senhora. O pessoal dá-se todo muito bem.

Je: Pois, lá isso é verdade. Amanhã dou lab meeting e ele poderá exigir resultados... mas posso sempre dizer que não tive tempo porque, como membro integrante do lab e porque acho que se deve participar, estive a esquiar, hehehe.
O local era realmente espectacular. Adicionei uns links ao post onde se pode ver mais.
Obrigada pelo teu carinho! Um beijo muito grande e Saudade.

Maffa said...

Bem que sorte!! vou já traduzir o teu post e mandar p o meu chefe assim como nao quer a coisa, e depois digo que me enganei, q o mail nao era para ele.
Pode ser que sejamos contemplados c alguma actividade social...

eduarda baptista said...

bom mana...que espetaculo!!!!
os meus chefes não me deram umas mini-ferias na neve mas deram-me 2 bastoes...não são de neve são de rua (vulgo muleta ou canadianas)lololololol
cada um tem o que merece, certo???
pode ser que depois destes 2 meses e qualquer coisa de baixa consiga chegar ao trabalho e tirar ferias....
falo de barriga quase cheia.
jokas grandes e pergunta ao teu chefe se para a proxima não presisa assim de alguem da tropa para fazer segurança do perimetro. lov u veri mutch

Anonymous said...

21h13min

Pelo que vejo no GEOLOC, há alguém lendo junto comigo.

Menina Azul said...

Chefes ricos, rica vida... eu que o diga! Aqui o meu bigboss paga-nos uma ida à Wnt meeting em Salt Lake City no principio do proximo mes... e que chatice, o meeting é mesmo numa estancia de sky!!!! Que aborrecido, não é? Para mim vai ser a primeira vez que vou à neve. Tenho cá as minhas dúvidas do sucesso do evento. Ainda assim vou tentar a minha sorte! Devo voltar de lá com umas três ou quatro nódoas negras como a tua!