4.12.2005

Azarito

Como alguns de voces ainda devem recordar (para aqueles que acompanham este blog desde o seu nascimento) a determinada altura, apos a minha chegada a NY, decidi comprar uma carpete para o meu quarto.
Branquinha, fofinha, de la, uma delicia... ate ontem!
Um dia e' dia e, como superficie candida e clara que e', estava mesmo a pedir o que? Quem sabe, quem sabe?? Ora pois, uma bela nodoa. Ontem baptizei a desgracada da carpete com uma bela mancha cor-de-laranja. Nao uma mancha qualquer... uma "ganda" mancha, incapaz de passar desperciba ate mesmo ao mais cegueta dos ceguetas.
Hmmm, que fazer?
Primeiro ataquei com o detergente para a loica e com a escova. Esfrega daqui, esfrega dali... nao adiantou muito, antes pelo contrario. A coisa alastrou e ficou uma bela mancha com um gradiente que vai do laranja ao castanho-cor-de-burro-quando-foge, digna de um quadro contemporaneo, daqueles que nada mais sao que uma tela branca salpicada de caganitas de coelho ou com moscas esborrachadas (eu hoje estou inspirada, ah!).
Segui-se a lixivia para cores que uso na maquina de lavar. Novo ataque com a escova mas... nepias.
Ok, vou mandar lavar a seco! - pensei.
Pesquisei na net quanto seria, MAIS OU MENOS, fazer isso e quase que me deu o badagaio.
Que?!?! Tanto?!?!
OK, mais vale comprar uma carpete nova... desta vez tudo menos branca :)

2 comments:

Laura, a Bizinha said...

é o que faz beberes tanto sumo de laranja!!!!

madalê said...

porque não procurar na Net como se tira essa nódoa?
Por vezes até é um simples produto bem conhecido e acessível. Experimenta?