9.28.2005

Regresso 'a Big Apple

Após tamanha demonstração de carinho e compreensão da vossa parte, o mínimo que me pode ser exigido são explicações quanto ao meu súbito desaparecimento das lides do Blog durante os últimos 5 dias.

Ora a razão foi, sem tirar nem pôr, o facto de eu ter ido... para onde, para onde?
Quem sabe, quem sabe?
Ora nem mais, para a Bbbbbbbiiiiiiiigggggggg Appplllleeee! :D

Foi o máximo!!!
Nunca os táxis amarelos, os arranha-céus, a agitação, o barulho, a poluição, as multidões, a humidade me pareceram tão espectaculares. Até o NYU Medical Center me pareceu lindo, muito embora seja um hospital. Estava mesmo nas minhas sete quintas!

Ainda a caminho da cidade, já me emocionava ao ver as placas na auto-estrada a apontar para "NY City". O Steve, ao meu lado, enquanto conduzia, só se ria e abanava a cabeça, como quem diz, "Está doudinha!", enquanto eu festejava com palmas e guinchinhos cada placa, qual criança (hhmm, agora que penso, o Steve merecia o Oscar da paciência :P).

E estava mesmo "doudinha". Sou doida por Nova Iorque e ir lá após as 3 primeiras semanas na aldeia que é Cambridge foi como uma lufada de ar fresco. Passei estes dias com um sorriso de orelha a orelha. Acho que até a dormir o sorriso não desaparecia!

Também em NY fui recebida com muitos sorrisos, braços abertos e calor. Os meus amigos organizaram-se todos por forma a passarmos muito tempo juntos e, aqueles que não o puderam fazer, fizeram o esforço de aparecer, nem que só por uns minutos, neste ou naquele evento.

Desculpem-me a maçada mas, já que se queixaram dos dias em silêncio, agora apanham um post 'a maneira (tomem lá, hehehe :)). Assim, exigem-se agradecimentos personalizados:

- obrigada 'a Andreia e Isabel, por me terem aturado nas primeiras noite e, mesmo em pleno stress de preparação para irem de férias, porem a casa 'a disposição para aquele que foi o jantar mais improvisado e, ao mesmo tempo, saboroso da história.
Digam lá que não tem um aspecto delicioso?

Image Hosted by ImageShack.us

O salmão, as batatas no forno e a salada foram feitas por todos e por ninguém. O que é certo é que, no fim, saiu muito bem. Claro está que a companhia deu logo um gostinho especial. Assim, para além das anfitriãs, obrigada aos "temperos" Sara R, Sara M, Vitor, Vasco, Rui e lutadores Sumo. Sim, leram bem! Estas 2 últimas personagens ficaram responsáveis pelo entretenimento da malta (vulgo Bôbos da Festa). Bastava enrolá-los um ao outro e esborrachá-los contra a parede para depois ser um forrobodó vê-los a descer executando verdadeiros movimentos de cintura inspirados no Sumo, no Wrestling e no KamaSutra. Ei-los, exaustos, depois de uma batalha (vocês não conseguem ver mas, por esta altura, também nós já estávamos exaustos de tanto rir).

Image Hosted by ImageShack.us

- obrigada 'a Sara R e Vitor por me acompanharem em mais um dos meus vícios, o Sushi. Lá fomos nós, qual ritual, ao Sushi Park. Hhhhmmm, estava tããããoooo bom. Depois de atravessar um deserto de 3 semanas sem sushi, pareceu um oásis. Bonito, não? :)

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

- obrigada ao Vitor por se aventurar a ir comigo ao IKEA (em New Jersey) e entrar na alucinante missão de me ajudar a trazer uma mesa, entre outras coisas (como por exemplo velas... ai, que perdição), de volta 'a cidade. E perguntam vocês porque perdi eu o meu tempinho em NY a ir ao IKEA? Ora, porque a parvónia de Cambridge não tem um... blah!!! :P

- obrigada 'a Sara M e ao Vitor pelo excelente jantar no restaurante Italiano (bem, excelente até o Vitor se começar a queixar de dores de barriga. Para mim e para a Sara continuou a ser excelente, para o Vitor, passou pela fase verde, Gregório e depois... uuff, que alívio, excelente. Vai dar ao mesmo, hehehe).
A nós juntaram-se depois a Sara R e o Manel. Após termos passeado pela cidade, abancámos, finalmente, no mítico bar Hook and Lather. Foi uma noite de convívio bem passada.

- obrigada 'a Sara R por, entretanto, me albergar na casa dela até ao dia do meu regresso a Cambridge, e por ter resistido 'as noites infinitas de conversa de "gaijas", cusquices e corte-e-custura.

- obrigada ao Daniel, Laura e Saras pelo delicioso brunch, no terraço do Casimir (onde, vá-se lá perceber porquê, fui encontrar um post-doc do meu laboratório. E' óbvio, que qualquer pessoa com juízo, tempo livre e a viver em Cambridge, ao fim de semana vem para NY e aos Domingos "bruncha" no Casimir :P)

Image Hosted by ImageShack.us

- obrigada 'as Saras, ao Josh, ao Vitor e 'a Renata (que mesmo atulhada em trabalho e aulas lá arranjou um tempinho para vir) por terem feito a festa comigo no SOB, na noite de Forró (e feijoada, diga-se). Foi super divertido, como sempre, juntando ainda o facto de conseguirmos pôr o Josh e o Vitor a seguir os ensinamentos da pequena aula introdutória ao Forró, antes de começar o bailarico propriamente dito. Muito bons estudantes, em menos de nada já estavam na pista a dar-a-dar. Saí de lá exausta e transpirada mas completamente feliz por ter dançado tanto e passar tão bons momentos com tão bons amigos.

- obrigada 'a Rita e ao Miguel por serem a companhia ideal para um concerto do Keith Jarrett. Embora tenhamos ficado em lugares separados (não fosse este "O" concerto do ano, completamente esgotado), a excitação e emoção no final do concerto uniu-nos numa atmosfera de júbilo e felicidade.

Agora vejo que, com tantos agradecimentos, quem parece ter recebido um oscar sou eu. Bem, faça-se a coisa como deve ser e:

- agradeço ao pai, 'a mãe, 'a famelga, ao pintassilgo, ao menino jesus e 'a FCT por me proporcionarem tão bons momentos :)

Obrigada a todos por estes dias extraordinários.
Amo-vos muito!!!!!!!

3 comments:

Madalê said...

Sárabá, como dizia Vinicius....
Uma benção.

Sara said...

Nao sei se ves past comments mas adorei o agradecimento a FCT, obrigado nos pela visita e pela companhia

∫nês said...

Sempre 'as ordens... mas mesmo sempre. Nunca direi não a NY.
Espero que a FCT também nunca me diga não, para lhe continuar a agradecer e a fazer-te rir :)