2.20.2006

Musical Dates

Image Hosted by ImageShack.us

Este fim de semana, a música proporcionou-me duas situações engraçadas.

A primeira passou-se na lavandaria.
Já estava quase na hora de fechar e só duas pessoas se encontravam nas instalações. Eu, estava já na fase de dobrar a roupa. Como acumulo sempre quantidades industriais de roupa para lavar e o iPod tinha ficado em casa a recarregar, dobrar aquilo tudo estava a revelar-se, no mínimo, uma tarefa muito chata. Só o barulho das máquinas de lavar, de secar, aquele silêncio mecânico… uma seca.
Sem me aperceber, comecei então a cantarolar, que é o que faço quando me quero distrair:
- “Sorri, quando a dor te torturar/ E a saudade atormentar…”
Acho que me entusiasmei e o fiz alto demais pois passados uns minutos, a rapariga que ia a sair veio ter comigo e disse-me:
- You’ve got such a beautiful voice. Are you a singer?
O rapaz, que saiu logo a seguir, também me dirigiu um sorriso, acenou com a cabeça e disse-me:
- Thank you!
Fiquei contente por o pessoal ter gostado da versão Djavan in “dahouse” e não ter tornado a "laundry" ainda pior.

A segunda passou-se hoje, no laboratório.
Eram já por volta das 21h de Domingo e, consequentemente, ninguém se encontrava por lá... ou quase ninguém, como vim a descobrir. Aproveitei então o estar sozinha para pôr a música em altos berros e, mais uma vez para me distrair (lá está, “quem canta seus males espanta”), cantar para ver se a experiência terminava mais rápido. “Tribalistas” em altos berros, pipeta na mão qual microfone, pézinho a bater no chão, Inês em plena performance e aqui vai disto:
- “Já sei namorar/ Já sei beijar de língua agora só me resta…” e não acabei a frase. Pois nesta altura, ainda de boca aberta mas já sem emitir som, reparei que um rapaz tinha ficado parado no corredor e me olhava da porta. Senti-me corar. (Bonito, que bela figura Inês!! De certeza que te vem pedir para te calares porque há quem queira trabalhar!)
- Is this Portuguese? – perguntou-me ele
Apressei-me a baixar o som da música e respondi:
- Yes! Actually, it is Portuguese from Brazil. Do you know it?
- I am Brazilian!
- Ah sim?! Bem, eu sou Portuguesa.

Escusado será de dizer que travámos conhecimento e ficámos em amena cavaqueira durante um bom bocado... e depois pude continuar a cantar. Afinal, ninguém se queixou :)

9 comments:

madalê said...

Estou mesmo a imaginar as situações. Sorte a deles, tu teres bom timbre de voz.
Imagina que era eu? Fugiam a sete pés.
Felizmente em matéria de musicalidade, ambas sairam ao pai.

Fadalê said...

Lá diz o velho ditado
Quem canta seus males espanta
Todos ficam maravilhados
Todos ficam numa boa
quando um fado ou samba, cantado
entoa de Boston até Lisboa....

(era Setúbal mas... não rimava...:))

Violante said...

bem, tu és um iman para brasileiros, nao achas?? eles aparecem em todo o lado, até no laboratório num domingo à noite!! incrível!

esse teu canto é poderoso ;)

∫nês said...

Vi, é verdade. Claro que quando vou ao Forró estou a pedi-las mas, aqui, estava "sugadita" no meu lugar e pimba... mais um Brazuca que me aterra 'a frente.
Estive para fazer um post mesmo a propósito disso mas, acho que soaria um pouco presunçoso ;)

Jerusa said...

Mais um brasileiro, quem sabe outro a falar brasileiro no teu ouvido e a fazer um bom cafuné! Continue cantando, além de espantar os males, os anjinhos te rodeiam e podem abrir muitas outras portas.

eduardabaptista said...

a grande "nes"!!!! assim é que é...isto porque ainda não nos ouviram: a familia von trapp de setubal!!!!
jokas e canta sempre mesmo que aches que não soa bem...o que é preciso é alma!!
jokas e lálálá...olarilólela...
meb

∫nês said...

E verdade Je, mais um Brasileiro. Eu acho que é destino ;)
Mas este ainda não faz cafuné. Calminha!

A cantar continuo. Eu acho que alguns anjinhos são moucos e por isso continuam a abrir-me as portas e nao se espantam como os males, hehe.

Susie said...

Uma coisa é certa uma pessoa que emana boa disposição, por norma, recebe boa disposição.
Por isso continua a espalhar o teu charme pelas ruas de Boston que o sucesso vai ser garantido :)
A sensualidade e encantamento corre nas veias.
Bjoca

Maffa said...

eh eh! Aqui os nórdicos adoram cantar mas é a andar de bicicleta, um bocadinho mais discretos :-)
Mas já apanhei de tudo, todos os estilos musicais, cantados a altos decibéis, mas quando o sinal muda para vermelho e ficamos lado a lado: calam-se todos! envergonhados! Tens de lhes dar umas liçoes :-)